Translate

sexta-feira, janeiro 06, 2006

Onde fica Inharrime?

A 90 km de Inhambane, capital de distrito do mesmo nome, e a 400 km do Maputo, capital de Moçambique, encontramos uma pequena vila – Inharrime.

Ganhou o seu nome do Rio Inharrime que nasce perto de Changane e desagua na Lagoa de Poelela.

É uma terra quente e fértil, belas praias, paisagens idílicas e as grandes potencialidades turísticas, faz desta região a primeira na oferta de hotéis em Moçambique (17%) e segundo em oferta de quartos (12%) logo a seguir à cidade de Maputo.
É aqui, nesta “Terra de Boa Gente” como denominou Vasco da Gama na sua viagem de descoberta do Caminho Marítimo para a Índia quando aqui aportou a 10/1/1498, que está o nosso Centro Laura Vicunha.

13 comentários:

Silvio Vasconcellos disse...

Coloquei um post em homenagem ao seu trabalho no www.contoseencontros.blogspot.com
Com certeza outros brasileiros visitarão e divulgarão.

Filomena disse...

Olá Sílvio e todos os brasileiros, sou uma das amigas a Filomena. Obrigada pelo seu interesse e apoio. Bem-haja.

Guilherme disse...

Depois de conhecer estes novos amigos, não quis deixar de divulgar este lugar junto dos que partilham o nosso blog http://grandechefe.blogspot.com/.
Continuarei a acompanhar de perto esta vossa obra. Bem hajam!
Abraços e Beijinhos aos novos Amigos

acacio de brito disse...

tendo passado a minha infância em Inharrime, subscrevo a opinião que é o sítio mais lindo do mundo

J.P.Martins disse...

Terei todo o gosto em ajudá-los, com o meu trabalho, na RDP África, a divulgar a vossa nobre missão. Ponho, por isso, ao vosso dispor, o programa que realizo e apresento diariamente: "ANTES QUE SE FAÇA TARDE". Poderão conhecê-lo um pouco melhor através do blog: http://jpmartins.blogspot.com. Agradecia para isso que me enviassem um mail com o vosso contacto telefónico para o endereço joaopedromartins@rdp.pt, para que possamos combinar uma forma de o fazer. Fico a aguardar. Um abraço cheio de solidariedade do amigo João Pedro Martins.

Acácio disse...

Em cada momento a saudade aumenta! Terra de encantos múltiplos causa-nos calafrios pensar na sua ausência.
A todos que por lá passaram um bem haja.
Acácio de Brito

Zeinul Sacoor disse...

Olá Acácio de Brito, se eu tiver a sorte de leres esta mensagem, para te dizer que andei na escola onde andaste, a Escola Caldas Xavier; também me lembro da tua irmã que andava na mesma escola e a tua mãe que foi minha professora, D. Emília. Meu email: zeisacoor@gmail.com

Zeinul Sacoor disse...

Olá Acácio de Brito, uma pequena rectificação: penso que a tua mãe chamava-se D. Beatriz, e lembro-me do teu irmão Miguel

Eduardo disse...

Olá Acacinho, olá Zeinul Sacoor.
Sou O Eduardo lembram-se?
Andamos na escola primária juntos.
Sou o filho do Enfermeiro Correia.
Um grande abraço para voces se lerem isto.que grande coincidencia encontrar-vos aqui. Viva Inharrime.
Eduardo

Adélia André disse...

Olá. Estive em Inharrime em criança acompanhando os meus pais, já falecidos(Sr. André do Guiúa, Inhambane e D. Gabriela). Tenho bastante roupa para dar a Inharrime ou Guiúa. Como fazer?
Adélia André
adeliamrandre@lavabit.com

Luís Ramos disse...

Caros amigos e frequentadores dessa escola "Francisco Caldas Xavier" que juntamente com a D. Beatriz e a D. Emília, fizeram parte de nós e daquilo que somos também hoje. Existe a saudade e a vontade de lá ir, temos que combinar. Caros amigos, Eduardo, Acácio e Zeinul, Um abraço a todos. l.ramos@pluricanal.net

Eduardo Correia disse...

Olá Luis que é feito de ti pá?
Aquele abraço. Diz qualquer coisa.

Isabel Sousa disse...

Acacinho, sou a Isabel filha do Prof.David e Valentina. Estive em Inharrime há uns meses atrás e adorei. Está como eu me lembrava. Fui tomar uns banhos na Závora... foi divinal! E claro, visitei o Centro, conheci a Irmã Lucília e a minha afilhada Rebeca e fiquei impressionada com o trabalho que têm feito! Beijinhos a todos